Meio Ambiente

O que é a ciência ambiental? – Definição e Âmbito do Campo

Ciência ambiental é o campo da ciência que estuda as interações de processos físicos, químicos e componentes biológicos do ambiente

O que é uma ciência ambiental?

O que você acha que aconteceria se todas as árvores da floresta tropical foram cortados para baixo, ou se os produtos químicos foram derramados em um rio, ou se a neve e queda de chuva aumentou drasticamente?

Estes são alguns dos muitos temas que são estudadas no campo da ciência ambiental. No geral, a ciência ambiental é o campo da ciência que estuda as interações de processos físicos, químicos e componentes biológicos do ambiente e também as relações e efeitos desses componentes com os organismos no ambiente. O campo da ciência ambiental pode ser dividida em três objetivos principais, que são a aprender como o mundo natural funciona, para entender como nós, como seres humanos interagem com o meio ambiente, e também para determinar a forma como afetam o meio ambiente. O terceiro objetivo de determinar como os seres humanos afetam o meio ambiente também inclui encontrar maneiras de lidar com esses efeitos sobre o meio ambiente.

O campo interdisciplinar

Ciência ambiental é também referido como um interdisciplinar campo porque incorpora informações e ideias de várias disciplinas. Dentro das ciências naturais, áreas como biologia, química e geologia estão incluídas na ciência ambiental. Quando a maioria das pessoas pensa em ciência ambiental, eles acham que esses aspectos da ciência natural, mas o que faz a ciência ambiental um campo tão amplo e complexo é que ele também inclui campos das ciências sociais e humanas.

Os campos das ciências sociais que são incorporados ciência ambiental incluem geografia, economia e ciência política. Filosofia e ética são os dois campos dentro das ciências humanas que estão também incluídos na ciência ambiental. Ao combinar aspectos das ciências naturais, ciências sociais e as humanidades, o campo da ciência ambiental pode cobrir mais conceitos e também analisar problemas e temas de muitos pontos de vista diferentes.

Importância da Ciência Ambiental

Neste momento atual, o mundo que nos rodeia está a mudar a um ritmo muito rápido. Algumas mudanças são benéficas, mas muitas das mudanças estão causando danos ao nosso planeta. O campo da ciência ambiental é um recurso valioso para aprender mais sobre essas mudanças e como eles afetam o mundo em que vivemos.

Vamos examinar uma grande mudança que está ocorrendo atualmente e sua relação com a ciência ambiental. A grande mudança é o aumento dramático no número de seres humanos na terra. Para a maioria da história humana, a população tem sido menos do que um milhão de pessoas, mas a população atual tem subido para mais de sete bilhões de pessoas. Isto equivale a sete mil vezes mais pessoas!

Devido a este aumento da população humana, também tem havido um aumento da pressão sobre os recursos naturais e os serviços dos ecossistemas de que dependemos para a sobrevivência. Os recursos naturais incluem uma variedade de substâncias e fontes de energia que nós tomamos do ambiente e utilização. Os recursos naturais podem ser divididos em recursos renováveis ​​e não renováveis. Os recursos naturais renováveis ​​são substâncias que podem ser repostos ao longo de um período de tempo, tais como a luz solar, o vento, solo e madeira. Por outro lado, os recursos naturais não renováveis ​​são substâncias que estão na fonte finita e vai acabar. Recursos não-renováveis ​​incluem minerais e óleos brutos de petróleo.

Devido ao aumento da população humana, os recursos naturais estão a ser utilizados a uma taxa mais rápida do que no passado. Embora os recursos naturais renováveis ​​podem ser repostos, quando eles são usados ​​muito rapidamente, eles não podem ser repostos rápido o suficiente para atender a demanda humana. Pior ainda, quando recursos naturais não renováveis ​​são utilizados muito rapidamente, tornam-se mais perto de esgotar-se completamente e ter ido para sempre.

Os recursos naturais têm sido referida como a “mercadoria” produzido pelo meio ambiente, e, neste aspecto, os serviços dos ecossistemas são as facilidades de que dependemos para ajudar a produzir a mercadoria. Ecossistemas serviços são processos naturais do meio ambiente que nos fornecem o recursos que precisamos para sustentar a vida. Serviços dos ecossistemas comuns incluem água e purificação do ar, ciclagem de nutrientes, regulação do clima, polinização das plantas, e a reciclagem de resíduos. Assim como alguns recursos naturais, serviços de ecossistema também são limitados e podem ser utilizados até se não for regulamentada.

Leia também O que é Ciência Ambiental?

Agora, vamos amarrá-lo em conjunto e pensar sobre o crescimento da população e sua influência sobre ambos os recursos naturais e serviços ecossistêmicos. Como os humanos aumento da população e dos recursos naturais e serviços ecossistêmicos são usados ​​rapidamente e potencialmente degradada, o futuro dos seres humanos na Terra está em perigo. Este é um grande exemplo de por que a ciência ambiental é importante e valioso.

Ao estudar o que está acontecendo no ambiente, como os seres humanos estão afetando-lo, e como ela está mudando, pode ser possível desenvolver soluções para o nosso esgotamento dos recursos naturais e serviços ecossistêmicos. Sem o estudo da ciência ambiental e no desenvolvimento de soluções para os problemas ambientais, seria provável que os recursos se esgotariam ea existência de seres humanos na terra pode ser limitado.

 

Tags
Ler matéria completa

Vagner Liberato

Meu nome é Vagner Liberato, sou carioca e vivo no Rio de Janeiro. Formei-me em Administração de Empresas e sou um apaixonado por conteúdo sustentável. Desde 2015 faço o Jornal Sustentabilidade com maior prazer! Para falar comigo, entre em contato pelo email: contato@meioambienterio.com

Artigos relacionados

1 thought on “O que é a ciência ambiental? – Definição e Âmbito do Campo”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close