Meio Ambiente

Cabo Frio quer criar trilha ecológico na Ilha do Vigia

Devastada por um incêndio criminoso no ano passado, a Ilha do Vigia, no Parque Estadual da Costa do Sol (PECS), entre as praias das Conchas e do Peró, em Cabo Frio, começou a ser reflorestado. A ação marcou o quinto aniversário do PECS, que envolveu seis municípios da Região dos Lagos, de Saquarema a Búzios. Foram plantadas mais de 50 mudas de espécies típicas do litoral doadas pelo Horto de São Pedro da Aldeia.

Participaram da ação guarda-parques do Instituto Estadual do Ambiente, agentes da Secretaria municipal de Meio Ambiente e voluntários de várias entidades, entre elas dos Amigos do Peró e Associação do Pontal do Peró. Foram plantadas mudas de pitanga, aroeira, ipês, clusias e outras espécies:

— Outras ações como esta vão acontecer para reflorestar toda a ilha. Quem não pôde comparecer no plantio pode colaborar levando água para regar as plantas no feriadão. O solo é muito árido, mas a visão lá do alto da ilha é fantástica – disse o ambientalista Paulo Bayer, que também plantou clusias em meio ao jardim de ipomeas criado pelo portal Ondas do Peró na areia da praia.

Luane Ferreira

Luane Ferreira, superintendente de Turismo de Cabo Frio na Ilha do Vigia.

Do alto da ilha é possível ver tartarugas no mar de águas cristalinas, costões rochosos, praias isoladas e um visual completo de Conchas e Peró, que têm cerca de sete quilômetros de extensão com águas livres da poluição.

Plantio de mudas de espécies típicas na Ilha do Vigia.

Plantio de mudas de espécies típicas na Ilha do Vigia.

— Assim que o Plano de Manejo do PECS ficar pronto o local será aberto para visitas guiadas coordenadas pelo Inea. Será um excelente produto de turístico ecológico para Cabo Frio – disse Luane Ferreira, superintendente de Turismo, que participou do plantio na Ilha do Vigia.

Paulo Bayer explicou o motivo do nome da ilha:

— No passado, foi montada ali um ponto de observação para vigiar os piratas que vinham ao Peró pegar nosso pau-brasil. Por isso que a ilha, que é ligada ao continente por uma faixa de areia, é chamada de Vigia – concluiu.

Sobre o autor | Website

Meu nome é Vagner Liberato, sou carioca e vivo no Rio de Janeiro. Formei-me em Administração de Empresas e sou um apaixonado por conteúdo sustentável. Desde 2015 faço o Meio Ambiente Rio com maior prazer! Para falar comigo, entre em contato pelo email: contato@meioambienterio.com

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.