A tecnologia vive em constante evolução, e isso favorece diversos setores, entre eles, o mercado imobiliário.

O isolamento social e as ferramentas de busca mudaram a forma de pesquisar imóveis, tornando ainda mais fácil.

É possível acessar diversos sites simultaneamente e encontrar o que busca comparando o melhor valor.

Ou seja, acompanhar as tendências é necessário para manter clientes.

Entender e acompanhar as tecnologias no mercado imobiliário é fundamental.

Preparamos esse conteúdo para que você compreenda e comece a se atualizar. Vamos lá?

Como a tecnologia impacta no mercado imobiliário?

A tecnologia se faz presente em praticamente tudo o que fazemos.

Antigamente era necessário buscar os anúncios e agendar a visita ao imóvel, em dias atuais isso mudou.

Com um clique a visita é feita remotamente, e a compra pode ser realizada por ali mesmo. 

No mercado imobiliário, o impacto tecnológico é positivo, pois oferece melhores formas de investir na praticidade. 

Vamos considerar imobiliárias focadas em vendas e aluguel em Florianópolis, por exemplo.  


Nesse cenário, vídeos e tours virtuais dentro dos imóveis são alternativas cada vez mais comuns na hora de interagir com o cliente.

Contudo, é possível encantar o público através de diferentes formas. 

Benefícios da tecnologia no mercado imobiliário

Apostar em ferramentas que turbinam o negócio passou a ser artigo de necessidade.

As novas tecnologias fazem com que as empresas se atualizem perante as novidades.

O setor imobiliário encontra-se em uma nova realidade com a otimização de processos e menos burocracias.

Fazendo com que o cliente tenha mais autonomia na hora de fechar negócio e investir alto.

Separamos 5 benefícios que a tecnologia proporciona para o mercado imobiliário.

  • Automatização dos processos: Os softwares e aplicativos apoiam as equipes pois aumentam a produtividade, proporcionando rapidez no atendimento ao cliente;
  • Diminuição da burocracia: Com a tecnologia é possível comprar um imóvel sem sair de casa, diminuindo assim os processos burocráticos;
  • Autonomia para o cliente: A tecnologia auxilia nas buscas online e dá especificações sobre tamanho, localização, áreas de lazer, bairro, segurança e etc. Quando o cliente é conduzido por tecnologias as decisões são tomadas de forma autônoma;
  • Segurança de mercado: O mercado imobiliário que aposta na tecnologia, encontra facilidade para que os dados dos clientes fiquem seguros. Além disso contribui para detectar falhas e evitar perda de tempo;
  • Aumento das vendas: Com a elaboração de um novo ambiente de compra a tecnologia possibilita relações entre cliente e produto, sem que haja “pressão” na hora da compra.

As ferramentas que a tecnologia proporciona ao mercado, diminui  erros humanos e ajudam na hora de um bom planejamento, criando integração entre a equipe.

Tecnologia e a mudança no comportamento do consumidor do mercado imobiliário


A tecnologia chegou para modificar a maneira de agir do consumidor imobiliário.

O impacto veio de maneira positiva. Seja para vender ou alugar um imóvel, a internet está presente. 

Com a pandemia e tantos avanços, as visitas dos locais passaram a ser de maneira online, não existe mais a necessidade de ir pessoalmente em imobiliárias.

Esse fenômeno aconteceu em todas as indústrias presentes no mercado.

A forma com que os corretores lidam com os consumidores mudou e muito. Além de novas abordagens a comunicação se tornou mais atual. 

Ainda em comunicação, é necessário oferecer mais informações do que apenas promover imóveis. 

Pode explicar conceitos como Wealth Management ou oferecer dicas de financiamento imobiliário, por exemplo. 

Onde usar a tecnologia no mercado imobiliário?

A facilidade no processo de compra, que engloba a procura do imóvel até a assinatura em cartório do contrato, faz com que a tecnologia seja requisitada e muito no mercado imobiliário.

Por outro lado, a indústria 4.0, mostra que é um grande erro pensar que a tecnologia já evoluiu ao máximo nas empresas.

Ela ainda tem muito o que evoluir!

O foco é criar um mercado imobiliário flexível e que utilize a simplicidade para fechar contrato.

A gestão vem sendo mais humanizada juntamente com a tecnologia sendo a cereja do bolo para promover todo esse processo.

Veja onde essa tecnologia pode ser utilizada:

#1 Sites

Sites com a modalidade de realizar visitas em 360°, ganharam destaque ao garantir ao comprador a experiência de conhecer o imóvel sem precisar se deslocar até o local.

#2 Imagens e vídeos do empreendimento

Assim como visitas ao vivo, os vídeos e fotos do empreendimento também vem fazendo sucesso.

Nos dias atuais você dificilmente vai ver um imóvel à venda sem ter as imagens. Essa praticidade virtual ajuda e muito na hora da decisão.

#3 CRM

O CRM imobiliário trata-se de um instrumento versátil que apresenta ferramentas facilitadoras para os processos.

A Gestão de Relacionamento com o Cliente, é um termo muito utilizado para definir o software responsável pelo armazenamento de todas as informações referentes aos consumidores.

De antemão, a tecnologia possibilita a criação de um contato mais humanizado.

Por isso, é ideal um atendimento focado em oferecer segurança e confiança aos clientes, para que assim o mercado imobiliário continue investindo e apresentando boas perspectivas nos próximos anos.