Entretenimento

Sem Mara Maravilha, Fofocalizando é um programa mais leve

Apresentadora revelada por Silvio Santos saiu do Fofocalizando há uma semana

Nesta sexta-feira, dia 24 de agosto, o programa Fofocalizando, exibido nas tardes do SBT, antecedendo o programa de Christina Rocha, Casos de Família, completou uma semana desde a polêmica saída de Mara Maravilha da atração.

O programa, que antes contava com 6 apresentadores, agora conta com 5. São eles: Leo Dias, Lívia Andrade, Leão Lobo, Mamma Bruschetta e Décio Piccinini.

Os apresentadores originais da atração são apenas dois desse grupo. Leão Lobo e Mamma Bruschetta estão sentados no sofá desde o programa de estreia. Silvio Santos, inclusive, teria criado esse projeto especialmente para a dupla. Na época de sua estreia, o apresentador do jornal matutino Primeiro Impacto Dudu Camargo também fazia ponta como apresentador do programa de fofocas.

Porém, com o tempo, novos apresentadores foram se juntando ao grupo até chegar ao time de 6 pessoas que apresentava o programa até a quinta-feira do dia 16 de agosto.

A partir da sexta-feira do dia 17, o grupo de apresentadores do Fofocalizando ficou menor. Com a saída de Mara Maravilha, os espaços no sofá ficaram maiores e já é possível dizer se o programa melhorou ou não com a despedida da ex-apresentadora infantil.

Apresentadores dançam Funk em primeiro programa sem Mara Maravilha

Analisando os seis programas que foram exibidos até agora, o que se percebe é um clima mais amistoso. Com Mara no comando da atração, os climões aconteciam com frequência. Mara tinha pouca habilidade para o debate em grupo e sempre acabava deixando pouco espaço para os demais apresentadores falarem.

De sexta-feira passada para cá, a participação dos apresentadores ficou mais equilibrada e até mesmo os debates mais agitados parecem uma conversa saudável entre amigos que ora concordam, ora discordam uns dos outros.

Apesar de seu profissionalismo, Mara Maravilha tinha muitos conflitos com a sua colega de trabalho Lívia Andrade. Desde sempre, as duas deixaram claro que não tinham um bom relacionamento atrás das câmeras. Embora se esforçassem para que esses conflitos ficassem mesmo nos bastidores, nem Mara e nem Lívia faziam questão de ensaiar uma aproximação. A sintonia entre as duas passava longe do sofá azul que é marca registrada do programa.

Mara Maravilha discute no Fofocalizando

Em uma edição, Lívia Andrade chegou a dizer “Eu trabalho com pessoas que eu não gosto, mas sou profissional. Situações como essa, de trabalhar com quem você não gosta, sempre acontecem no mercado de trabalho”. Embora não tenha dito com todas as palavras, os espectadores facilmente entendiam que declarações como essa faziam referência a sua relação com Mara Maravilha.

Outro caso chave do programa aconteceu quando Lívia Andrade aproveitou o espaço que tinha no programa para responder às provocações de Antonia Fontenelle no programa Superpop. Na ocasião, Mara Maravilha chegou a defender Antonia Fontenelle no programa ao vivo e até falou com ela pelo Whatsapp, insinuando que discordava de todo o discurso que Lívia havia feito anteriormente.

Situações como as que foram descritas acima acabaram fazendo com que o clima do programa fosse ficando pesado demais. Em uma edição, Mara chegou a chorar ao vivo após se sentir ofendida por um comentário de Leo Dias onde o jornalista dizia que ela era a “dona da verdade”.

Apesar do esforço dos demais apresentadores em criar um clima agradável durante a apresentação do programa, é fato que os conflitos ali estavam mais do que perceptíveis para o “público de casa”, expressão tão repetida por Lívia Andrade durante o programa.

Em sua jornada sem Mara Maravilha, o Fofocalizando chegou a subir um pouco na audiência. Na última quarta-feira, por exemplo, chegou a ultrapassar os 7 pontos de audiência. Ainda é cedo para afirmar que a diminuição no quadro de apresentadores teve influência direta nos números do IBOPE. Mesmo assim, até mesmo o espectador menos atento pode concluir que o clima no estúdio saiu de soturno para mais alegre e divertido.

Raigor Ferreira

Olá! Eu sou o Raigor. Sou escritor de livros infanto-juvenis desde 2014 e redator nas horas ocupadas. Autêntico canceriano e apaixonado pela escrita desde que aprendi a ler com quatro anos, escrevo sobre celebridades, séries e filmes aqui no Meio Ambiente Rio. Eu amo esse universo e se quiser entrar em contato comigo, escreva pararaigorbooks@gmail.com

Tags
Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close