Meio Ambiente

Floriculturas do grande oeste de SC vão expor na Mercoflora 2016

Para qualificar a atividade e ampliar os negócios, as floriculturas (empresas que cultivam e/ou vendem flores) do grande oeste catarinense estão sendo convidadas para expor na nova feira econômica de Chapecó – a Mercoflora 2016 – organizada pela Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC) e pelo Conselho das Entidades Empresariais (CEC). Programada para os dias 14, 15 e 16 de julho, no parque da Efapi, em Chapecó, a Mercoflora reunirá todos os elementos do mundo vegetal e atuará em quatro áreas básicas: silvicultura, fruticultura, floricultura e olericultura.

Proprietários de floricultura de Chapecó estiveram reunidos nesta semana com o coordenador geral João Carlos Scopel e com a coordenadora setorial de floricultura Luciana Mirtes Schneider Heidt para conhecer a concepção geral e os objetivos da feira.

“A feira vai abrir novas frentes de negócios, aprimorar cada vez mais o desenvolvimento desse segmento de mercado através de técnicas inovadoras, estimular as vendas e promover a atualização técnica dos empresários”, destacou Scopel, lembrando que “essa é a primeira grande iniciativa para desenvolver o setor que surge no oeste catarinense”.

Uma demonstração do vanguardismo do evento é a programação de cursos de arte floral, durante a Mercoflora. “A arte floral é o principal combustível para a inovação e a disseminação das tendências mercadológicas dentro das floriculturas”, assinala Luciana Heidt. “A Mercoflora oportunizará às floriculturas do sul do Brasil um treinamento de alto nível com artistas que apresentarão, de forma simples e objetiva, as novas técnicas que trarão um novo momento para a região e que promete criar valor agregado nos produtos, melhorando a receita dessas empresas e surpreendendo e satisfazendo os clientes.   .

Estarão se apresentando no palco da Mercoflora o renomado trio de artistas florais Carlos Weiss, Robson Viana e Juliana Hames. Luciana descreve com entusiasmo os artistas: “Carlinhos Weiss é considerado o criador da arte flora da região sul. Um prodígio dentro da sua profissão e muito criativo e comunicativo. Faz do curso um show: dança no palco montando arranjos florais, contamina com sua energia e motiva sem limite a todos. É tudo que precisamos em um ano como esse. O Robson é fantástico, dinâmico e talentoso vai agregar conhecimento a todos que estiverem perto dele. A Juliana vem com aquele jeitinho delicado das mulheres toda sensível, mais com trabalhos admiráveis e muito comerciáveis. Juliana é de Florianópolis. Carlinhos Weiss vem do estado do Rio Grande do Sul e Robson Viana é natural do estado do Amazonas, mas reside atualmente em Santa Cruz do Sul. Culturas diferentes que se misturam.”.

Tânia Gemelli, proprietária da Floricultura Casa Flor, ficou motivada com a programação da feira e com a oportunidade para dar visibilidade ao negócio. Emerson Horostecjki, da Viverde Floricultura, classificou como excelente o projeto da Mercoflora e as novas possibilidades que se abrem para esse ramo de negócios.

“A flor será uma nova matriz produtiva no oeste em face das condições climáticas favoráveis, do solo disponível para o cultivo de flores e plantas e da presença da agricultura familiar,” prevê o presidente de ACIC Josias Mascarello.

Mais informações em www.mercoflora.com.br

Sobre o autor | Website

Meu nome é Vagner Liberato, sou carioca e vivo no Rio de Janeiro. Formei-me em Administração de Empresas e sou um apaixonado por conteúdo sustentável. Desde 2015 faço o Meio Ambiente Rio com maior prazer! Para falar comigo, entre em contato pelo email: contato@meioambienterio.com

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.