Meio Ambiente

Delcídio cita Renan e Aécio em delação premiada, dizem jornais

O senador Delcídio do Amaral (PT-MS) citou o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e o candidato derrotado na eleição presidencial de 2014 Aécio Neves (PSDB-MG), entre outros senadores, em seu acordo de delação premiada com as autoridades no âmbito da operação Lava Jato, disseram os jornais O Globo e Folha de S.Paulo nesta quarta-feira.

Outros parlamentares citados por Delcídio foram Romero Jucá (PMDB-RR), Valdir Raupp (PMDB-RO) e Edison Lobão (PMDB-MA), que é ex-ministro de Minas e Energia, também segundo as reportagens. Renan, Jucá, Lobão e Raupp já são formalmente investigados em inquéritos da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF).

O acordo de delação fechado por Delcídio, que foi preso em novembro do ano passado acusado de tentar obstruir as investigações da Lava Jato, foi devolvido à Procuradoria-Geral da República pelo ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), para que uma questão técnica seja corrigida, disse uma fonte à Reuters na terça-feira.

Em trechos da delação publicados pela revista IstoÉ na semana passada, o senador envolve a presidente Dilma Rousseff, afirmando que ela teria tentado interferir na Lava Jato, e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a quem acusa de ter conhecimento da corrupção na estatal e de ser mandante de um esquema para pagar pelo silêncio de testemunhas.

 

Tags
Ler matéria completa

Vagner Liberato

Meu nome é Vagner Liberato, sou carioca e vivo no Rio de Janeiro.
Formei-me em Administração de Empresas e sou um apaixonado por conteúdo sustentável.
Desde 2015 faço o Jornal Sustentabilidade com maior prazer!

Para falar comigo, entre em contato pelo email:
contato@meioambienterio.com

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker