Meio Ambiente

Frutas e sementes oleaginosas são fortes aliadas da saúde

As frutas oleaginosas são cada vez mais valorizadas por conta de seu valor nutricional e propriedades que beneficiam a saúde. Elas contém cerca de 60% de lipídios (gorduras) e por isso, são altamente calóricas.

Ainda assim, é recomendada a sua ingestão sem exageros nas dietas de emagrecimento e para todos os que querem manter boa saúde. Estudos mostram que ela ajudam até a aumentar a fertilidade.

Isso acontece porque as gorduras das frutas oleaginosas são insaturadas e poliinsaturadas, , consideradas “gorduras boas” e essenciais para o funcionamento do organismo com um todo. Além disso, são ricas em magnésio, selênio e vitamina E – os dois últimos são importantes antioxidantes que previnem as doenças cardiovasculares.

No entanto, para obter todos esses benefícios, é preciso consumi-las com moderação! Boa parte dos estudos sobre oleaginosas recomendam a ingestão diária em torno de 50 a 60 gramas, no máximo. O mais adequado é consumi-las entre os intervalos das refeições e em preparações quentes, como ensopados ou em farofas.

Confira algumas destas frutas e sementes, seus benefícios à saúde. Todas são ótimas fontes energéticas e riquíssimas em nutrientes. Não precisam ser consumidas apenas no Natal. O ideal é que entrem na dieta diária.

• Nozes: são ricas em nutrientes como vitamina E, potássio, zinco, magnésio e ômega 3, e ajudam a controlar os níveis do colesterol.

• Avelãs e amêndoas: saborosas e nutritivas, são ricas em vitamina E, potássio e cálcio. Contém antioxidantes que combatem o envelhecimento precoce.

• Castanha do Pará: contém alta quantidade de selênio, um mineral antioxidante que protege as células e mantém a saúde intestinal, além de ômega 3.

Semente de girassol: uma ótima fonte de gordura poliinsaturada, que controla o colesterol. Quando torrada, torna-se rica em nutrientes como selênio, fósforo, potássio e vitaminas B, D e E.
Com função antioxidante, é bastante consumida em dietas vegetarianas e recomenda para pessoas que sofrem com cãibras (por conta da presença do fósforo e potássio). Também ameniza os sintomas da TPM e menopausa.

Semente de gergelim: é rica em cálcio, ômega 6 e proteínas que ajudam a combater a flacidez. Ainda contém concentração de fibras que estimula o bom funcionamento do intestino e aumenta a saciedade.

Sobre o autor | Website

Meu nome é Vagner Liberato, sou carioca e vivo no Rio de Janeiro. Formei-me em Administração de Empresas e sou um apaixonado por conteúdo sustentável. Desde 2015 faço o Meio Ambiente Rio com maior prazer! Para falar comigo, entre em contato pelo email: contato@meioambienterio.com

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.