Meio Ambiente

Conheça o poder do urucum

Conheça mais sobre esse poderoso fruto avermelhado rico em propriedades.

Em nossa natureza rica em biodiversidade, elementos que favorecem a saúde não faltam.

Há uma planta originária da América tropical, cultivada na região amazônica que produz um fruto rico em propriedades benéficas à saúde: trata-se do urucum.

Há muito tempo o urucum já era utilizado pelo povo indígena como corante, e o nome inclusive, se deve ao berrante vermelho. A culinária explora o corante do fruto e os cosméticos também (bronzeadores), mas o que chama a atenção da ciência são as diversas propriedades em prol da saúde.

O urucum é rico em vitamina C e betacaroteno. Tem o poder de tratar doenças respiratórias como: gripe, tosse, bronquite, asma etc., graças à sua ação expectorante e depurativa.

O surpreendente é o poder do fruto de tratar doenças coronarianas, o urucum age como um tônico cardíaco, a indicação é para casos de endocardite, cardite e pericardite.

As partes utilizadas do urucum são: folhas, raiz e sementes. As sementes são recomendadas para o tratamento de doenças respiratórias; doenças coronarianas e problemas relacionados ao estômago e intestino. A raiz é indicada para problemas renais, asma e até mesmo coqueluche. As folhas são indicadas para febre e problemas renais.

Pessoas que fazem uso de medicamentos indicados para doenças coronarianas como o Sinvastatina, podem usar o urucum como auxiliar no tratamento.

O importante é conhecer a cada dia mais os elementos da natureza e saber usá-los em prol da saúde.

Tags
Ler matéria completa

Vagner Liberato

Meu nome é Vagner Liberato, sou carioca e vivo no Rio de Janeiro.
Formei-me em Administração de Empresas e sou um apaixonado por conteúdo sustentável.
Desde 2015 faço o Jornal Sustentabilidade com maior prazer!

Para falar comigo, entre em contato pelo email:
contato@meioambienterio.com

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker