Natura abre inscrições para o Prêmio Acolher Educação

0

Premiação criada para reconhecer Consultoras da empresa à frente de projetos sociais elegerá três iniciativas educacionais que receberão até R$ 15 mil

 

São Paulo, 30 de junho de 2016 – O Prêmio Acolher Educação vai reconhecer projetos educacionais desenvolvidos por Consultoras Natura em todo o Brasil. Três iniciativas eleitas por um júri de especialistas receberão R$ 5 mil e irão para votação popular. O vencedor desta etapa ganhará mais R$ 10 mil, totalizando R$ 15 mil para investir em melhorias no seu projeto.

 

As inscrições podem ser realizadas entre os dias 30 de junho e 31 de julho no site www.movimentonatura.com.br. Todas as Consultoras Natura e Consultoras Natura Digitais que atuem em projetos sociais na área de educação podem concorrer.

 

O Prêmio Acolher foi criado em 2010 para reconhecer, por meio de apoio técnico e financeiro, Consultoras Natura engajadas em projetos sociais em prol de suas comunidades. É a primeira vez que o Acolher, que está em sua quinta edição e já premiou mais de 50 projetos sociais, elege um tema prioritário como foco. A Natura acredita que a educação é o motor para a construção de um mundo melhor e a principal ferramenta para a transformação da sociedade.

 

“As Consultoras compartilham conosco esta causa, tanto que, há mais de 20 anos, elas nos ajudam a investir na educação, com a venda dos produtos da linha Crer para Ver, que tem 100% de seu lucro destinado a projetos de educação apoiados pelo Instituto Natura”, afirma Cida Franco, diretora de relacionamento da Natura.

 

Em 2015, a Natura avançou no reconhecimento de iniciativas voltadas à educação ao inaugurar a categoria de votação popular, destinada a reconhecer projetos de Consultores que são profissionais da área. Cerca de 190 mil votos ajudaram a eleger o Consultor Natura Antônio Salvador Marques para receber o prêmio de R$ 15 mil. Ele é idealizador do projeto Construindo uma Escola Melhor, que envolve 400 pessoas, entre alunos, pais e educadores na escola municipal Deputado Waldemar Rupp, em Campos Novos (SC).

 

Com os recursos da premiação, a escola catarinense está ampliando o acervo da biblioteca, adquiriu livros para os professores, investiu em um curso de capacitação para os educadores lidarem melhor com alunos com deficiência, comprou um novo refrigerador e um computador, o que permite o desenvolvimento de atividades com recursos audiovisuais. “Nos próximos meses, vamos investir ainda mais em melhorias que beneficiem os alunos e os professores e também aprimorem a infraestrutura da escola”, afirma Antônio.

 

Desde a primeira edição, o Prêmio Acolher já recebeu cerca de 3 mil inscrições. “Ao longo de cinco edições, reconhecemos e valorizamos histórias de pessoas que conseguiram transformar as dificuldades em novas oportunidades”, diz a diretora da Natura. Quem passa pelo processo do Acolher, mesmo que não ganhe o prêmio, tem a chance de contar sua história para uma rede de pessoas e encontrar voluntários para seus projetos, por meio da divulgação no site do Movimento Natura.

 

Exemplos inspiradores

 

Vencedora do Prêmio Acolher em 2013, a baiana Sulemi Coaxi transformou uma necessidade pessoal em um projeto social. A Consultora Natura tem uma filha com paralisia cerebral e, após peregrinar por muito tempo por centros urbanos em busca de especialistas, ajudou a fundar, em 1999, a Associação Pestalozzi de Sapeaçu. A unidade, hoje referência na região, oferece atendimento especializado e apoio pedagógico a crianças e adultos com deficiência de Sapeaçu (BA) e de outros municípios no Recôncavo Baiano.

 

A força e a persistência de Diane Maria Almeida Mendes lhe renderam o prêmio na edição de 2010 do Acolher. Ao constatar a necessidade urgente de uma creche na comunidade onde vive, em Várzea Grande (MT), ela mobilizou um grupo de amigos e construiu uma escola. Esse foi só o primeiro passo de Diane, que também criou e coordena o Instituto Educacional Luz do Amanhã, fornecendo a crianças carentes da cidade alimentação balanceada, atividades recreativas e reforço escolar.

 

Nessa mesma edição do prêmio, quem teve seu empenho reconhecido foi o Consultor Jeferson Leandro Garcia, que participa da Associação dos Amigos do Livro, em Poços de Caldas (MG). O projeto incentiva a leitura entre jovens de escolas públicas e trabalha para melhorar o acervo das bibliotecas escolares da cidade.

 

Na edição de 2012 do Acolher, o trabalho de inclusão educacional feito pela consultora Lisandra Mazzutti Foresti, de Caxias do Sul (RS), fez com que ela fosse uma das vencedoras. Por meio do Projeto Mão Amiga, Lisandra oferece a crianças de zero a seis anos que não têm vaga no ensino público uma chance em escolas particulares. A iniciativa não só ajuda a inserir as crianças no universo educacional, como oferece um importante apoio aos pais, que, muitas vezes, não têm como quem deixar os filhos durante o horário de trabalho.

 

Outra Consultora Natura reconhecida pelo Prêmio Acolher, desta vez em 2013, foi Anadelli Soares Braz, que trabalha em uma ação social que beneficia jovens de 18 a 29 anos de comunidades carentes de São Paulo e região. Em parceria com lideranças comunitárias, a ONG Vocação contribui para a inclusão social, por meio de ações de educação, cultura, empregabilidade e cidadania.

 

Um dos finalistas da edição de 2015 foi o Consultor Mariano Alves da Cunha, que desenvolve um trabalho para evitar que alunos de baixa renda do estado de São Paulo abandonem o ensino superior, através do Instituto Semear. A ONG oferece aos jovens selecionados pelo projeto um auxílio financeiro no primeiro ano de graduação, além de mentoria acadêmica e profissional.

 

Sobre a Natura

 

Fundada em 1969, a Natura é uma multinacional brasileira de cosméticos e produtos de higiene e beleza. Líder no setor de venda direta no Brasil, registrou R$ 7,9 bilhões de receita líquida em 2015, possui mais de 7 mil colaboradores, 1,9 milhão de consultoras e operações na Argentina, Bolívia, Chile, México, Peru, Colômbia e França. Foi a primeira companhia de capital aberto a receber a certificação B Corp, em dezembro de 2014, o que reforça sua atuação transparente e sustentável nos aspectos social, ambiental e econômico. A estrutura da companhia no Brasil é composta por fábricas em Cajamar (SP) e Benevides (PA), oito centros de distribuição no Brasil, um hub logístico em Itupeva (SP) e centros de Pesquisa e Tecnologia em Cajamar (SP) e Nova Iorque (EUA). Detém o controle da fabricante australiana de cosméticos Aesop, com lojas em países da Oceania, Ásia, Europa e América do Norte. Produtos da marca Natura podem ser adquiridos com as consultoras através da revista Espaço Natura, pela internet na Rede Natura rede.natura.net ou por meio do app Natura. Para mais informações sobre a empresa, visite www.natura.com.br e confira os seus perfis nas seguintes redes sociais: Linkedin, Facebook, Twitter,Youtube e Instagram.

Leia Também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.