Meio Ambiente

Mais de 2 mil testes de doping são realizados nos Jogos Olímpicos

Mais de 2 mil testes de doping foram realizados nos atletas que estão competindo nos Jogos Olímpicos do Rio, disse na quinta-feira o porta-voz do Comitê Olímpico Internacional (COI), Mark Adams.

Adams divulgou a informação na coletiva de imprensa no Centro Principal de Imprensa dos jogos. De acordo com o porta-voz, dos testes de doping realizados, 20 são testes de passaporte biológico de sangue.

O porta-voz não informou se foram registrados resultados positivos até o momento.

O escândalo de doping da Rússia tornou-se centro de atenção do programa antidoping dos jogos. O COI anunciou com antecedência que durante os Jogos Olímpicos do Rio seriam feitos cerca de 4.500 exames de urina e cerca de mil exames de sangue.

Quando questionado se o COI “lamenta” ter outorgado os jogos a Rio, Adams foi enfático: “Absolutamente não. Esta é a primeira ocasião na qual as Olimpíadas se realizam na América do Sul. Isso é realmente importante para nós”.

“Com os problemas que têm aqui, com a economia e a política, é realmente importante para nós mostrarmos esta solidariedade. Acredito que lembraremos destes jogos como algo muito bom para o Movimento Olímpico”, disse.

Tags
Ler matéria completa

Vagner Liberato

Meu nome é Vagner Liberato, sou carioca e vivo no Rio de Janeiro. Formei-me em Administração de Empresas e sou um apaixonado por conteúdo sustentável. Desde 2015 faço o Jornal Sustentabilidade com maior prazer! Para falar comigo, entre em contato pelo email: contato@meioambienterio.com

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close