Meio Ambiente

Apple perde mercado na China e fica trás da Huawei e Xiaomi

O iPhone manteve a queda nas vendas na China urbana e agora fica atrás de smartphones nacionais como Huawei e Xiaomi, mostrou na quinta-feira uma pesquisa.

No segundo trimestre, a Apple respondeu por 17,9% das vendas de smartphones entre os chineses urbanos, uma queda anual de 1,8 ponto, informou a consultora de mercado Kantar Worldpanel.

“A queda deixou a Apple atrás da Huawei (25,7%) e da Xiaomi (18,5%)”, disse Tamsin Timpson, diretor de visão estratégica da Kantar Asia. No entanto, o iPhone 6s e o 6s plus continuaram os mais vendidos.

Com pouco estoque, o iPhone SE teve pouco impacto e respondeu apenas por 2,5% das vendas totais.

Diferentemente do que ocorre na China, os iPhones voltaram a ganhar mercado na França, Alemanha, Grã-Bretanha, Itália, Espanha e Estados Unidos.

Neste último mercado, as vendas da Apple subiram 1,3 pontos percentuais em termos anuais, respondendo por 31,8% do volume total.

A Kantar Worldpanel ComTech mensalmente monitora o mercado de celulares na China urbana para mensurar a participação das marcas.

Vagner Liberato

Sobre o autor | Website

Meu nome é Vagner Liberato, sou carioca e vivo no Rio de Janeiro. Formei-me em Administração de Empresas e sou um apaixonado por conteúdo sustentável. Desde 2015 faço o Meio Ambiente Rio com maior prazer! Para falar comigo, entre em contato pelo email: contato@meioambienterio.com

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.