Meio Ambiente

Água para as futuras gerações

Avaliar postagem!

O reúso é a solução mais sustentável para manter este recurso disponível

 

Anualmente, no terceiro sábado de setembro, é realizado o Dia Mundial pela Limpeza das Praias e Rios. Mas há poucos motivos para comemorar. O mundo tem 4,5 bilhões de anos. E é exatamente a mesma água que banha o planeta desde sempre. Pode ser estranho pensar que bebemos a água dos tempos pré-históricos. Mas é isso mesmo o que acontece. “A água é um recurso renovável, infinito. Ela se transforma – passa de líquida a gasosa, sólida e volta a ser líquida e segue seu ciclo”, diz o engenheiro Fernando Pereira, gerente comercial da General Water, uma concessionária particular de água e esgoto que implanta e opera, com recursos próprios, sistemas de abastecimento de água e tratamento e reúso de efluentes

Se for assim, porque em alguns lugares há falta de água? “Porque ao se utilizar a água, ela pode se tornar indisponível durante um grande período. Ela pode estar suja, poluída, ou sob outra forma, gasosa, por exemplo, e vai ter que vir para a forma líquida para se tornar disponível novamente”, explica Pereira. O esgoto, por exemplo, é 99,9% água. Então só uma parte é sujeira. No entanto, se ninguém tratar o esgoto, esta água ficará indisponível.

Portanto, reúso da água é a alternativa mais sustentável para deixar este recurso disponível. Mas no Brasil, menos de 5% do esgoto tratado é reaproveitado. Em Israel, esse número chega a mais de 80%, deixando o país em primeiro lugar no ranking de reúso do recurso. Um grande desafio para nós. Por isso, empresas como a General Water pensam em estratégias e tecnologias para promover sustentabilidade hídrica no dia a dia.

Leia agora  O que você sabe sobre os produtos veganos?

A limitação de recursos naturais como a água potável, interferirá ainda mais nas atividades da sociedade. E sentimos na pele. Em São Paulo, a crise hídrica de 2014 e 2015 deixou uma marca. O nível dos reservatórios diminuiu, trazendo o fantasma da torneira seca e medidas de racionamento em diversos bairros.

 

O futuro

Até 2050, a Unesco estima que cerca de 60% da população mundial sofrerá com estresse hídrico. Neste cenário, o reúso é uma solução para o desenvolvimento sustentável. E exemplos não faltam. No Shopping Iguatemi Campinas, no interior paulista, a General Water implantou o sistema próprio de abastecimento, tratamento de efluentes e reúso. A água reutilizada é distribuída para fins não potáveis (descargas dos vasos sanitários e irrigação, por exemplo), também seguindo para as torres de refrigeração do prédio. Com isso, houve otimização do sistema de climatização.

Ao garantir autonomia da concessionária pública, a água que iria para o complexo comercial pode, então, ser destinada à população do entorno. Em 2012, este projeto levou o prêmio Ação Pela Água, conhecido como o ‘Oscar das Águas’, por conta da tecnologia que, além de diminuir o uso de recursos e os impactos ambientais.

Há outros cases muito interessantes, caso você se interesse pela pauta.

 

Sobre a General Water

Empresa fundada em 2000 para suprir uma carência intrínseca na região metropolitana de São Paulo: a escassez de recursos hídricos. A filosofia da General Water é proporcionar aos grandes consumidores de água a oportunidade de contar com seu próprio sistema de abastecimento, tratamento de esgoto ou reuso de água, implantado e operado por uma empresa especializada no desenvolvimento e operação de soluções customizadas de saneamento. Ainda dentro da sua filosofia de trabalho, a General Water é responsável por todos os custos, riscos e responsabilidade durante todas as fases do contrato. Cabe aos clientes apenas arcar com a água/efluente produzida nos sistemas. Informações: www.generalwater.com.br 

Sobre o autor | Website

Meu nome é Vagner Liberato, sou carioca e vivo no Rio de Janeiro. Formei-me em Administração de Empresas e sou um apaixonado por conteúdo sustentável. Desde 2015 faço o Meio Ambiente Rio com maior prazer! Para falar comigo, entre em contato pelo email: contato@meioambienterio.com

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

1 Comentário

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.