Cotação do dolarEconomia

Cotação do dólar hoje: sexta-feira, 14 de setembro de 2018

A manhã desta sexta-feira, 14 de setembro de 2018, tem início turbulento no mercado financeiro. O dólar está sendo negociado a R$ 4,18 e a Ibovespa está operando com alta de +1,03%. O dólar comercial apresentou uma pequena queda de -0,42% sendo cotado a R$ 4,1774. O dólar turismo também teve uma pequena queda nesta manhã e está sendo negociado a R$ 4,3600, com uma variação de -0,07%. Pesquisa realizada as 11h desta sexta-feira, 13.

A moeda americana também mexe com as ações que são negociações na bolsa de valores (BOVESPA). O melhor desempenho apresentado até agora são as ações da VVAR11 com valor negociado a R$ 1619 e variação de +6,51%. Outras ações também estão sofrendo impactos positivos. BRAP4 tem valor negociado de R$ 31,78, com variação de +2,85%. CSNA3 tem variação de +2,42% ao valor de R$ 8,48. CYRE3 ao preço de R$ 10,32 com variação de +2,18% e fechando as cinco melhores ações com desempenhos positivos têm a VALE3 com valor negociado a R$ 54,94 com variação de +2,16.

O dólar comercial para venda está sendo negociado a R$ 4,1763 e na venda R$ 4,1769, com variação de -0,42%. Já o dólar turismo o valor para compra é de R$ 4,0900 e na venda de R$ 4,3600, com ligeira queda de -0,07%.

Nas três maiores capitais brasileiras o dólar comercial e o dólar turismo apresentam valores consideráveis: Em São Paulo o dólar turismo está sendo negociado a R$ 4,37. Em Belo Horizonte já atingiu R$ 4,41 nesta manhã e no Rio de Janeiro pode ser encontrado a R$ 4,38 em algumas casas de câmbios da cidade.

Onde o Dólar Hoje está mais barato?

São Paulo

R$ 4,37

Rio de Janeiro

R$ 4,37

Campinas

R$ 4,39

Curitiba

R$ 4,40

Santos

R$ 4,40

Porto Alegre

R$ 4,40

Florianópolis

R$ 4,40

Belo Horizonte

R$ 4,41

Fortaleza

R$ 4,41

O que influencia a cotação do Dólar hoje?
O Dólar hoje funciona como “âncora cambial”, ou seja, é referência para as moedas dos países basearem seu valor. Sua alta ou baixa é como um reflexo de como anda a economia dos principais países pelo mundo. Também há interferência da situação de cada país.

A economia dos países com grande peso na economia, como é o caso da China, tem influência na cotação do Dólar. Além disso, outros fatores contribuem: os contratos de importação e exportação entre os países, as reservas internacionais de Dólar mantidas pelo Banco Central, as operações do BC para barrar a contínua alta ou baixa do Dólar e as novidades na economia e política americana, como anúncio de alteração da taxa de juros.

Sou um apaixonado por conteúdos sustentáveis, pelas belezas naturais e principalmente um carioca que ama o Rio de Janeiro de coração. Para falar comigo basta enviar um e-mail: contato@meioambienterio.com

Tags
Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close