Tecnologia

Facebook: A Incrível História da Maior Rede Social do Planeta

Facebook [1] é uma rede coletiva lançada em 4 de fevereiro de 2004, operado e de característica privada da Facebook Inc..Em 4 de outubro de 2012, o Facebook atingiu a marca de 1 bilhão de usuários ativos, sendo por causa disso a maior rede social por todo o mundo. O nome do serviço decorre o nome informal para o livro dado aos alunos no começo do ano letivo por algumas administrações universitárias nos Estados Unidos para auxiliar os alunos a conhecerem uns aos demais. O Facebook permite que qualquer cliente que declare ter no mínimo 13 anos possa se tornar cliente catalogado do site.

A incrível história do Facebook

Facebook

O Facebook foi constituído por Mark Zuckerberg e por seus amigos de quarto da escola superior Eduardo Saverin, Dustin Moskovitz e Chris Hughes. A caracterização do site foi a princípio limitada pelos fundadores aos estudantes da Faculdade de Harvard, porém foi expandida para outras instituições em torno de Boston, da Ivy League e da Faculdade de Stanford. O site gradativamente adicionou ajuda para alunos em diversas outras universidades antes de abrir para estudantes do ensino médio e, mais tarde, para qualquer indivíduo com treze anos ou mais. Entretanto, com base em dados de maio de 2011 do ConsumersReports.org, existiam 7,5 milhões de crianças com idade menor de 13 anos com contas no Facebook, violando os termos de serviço do próprio site.

Um pesquisa de janeiro de 2009 do Compete.com classificou o Facebook como a rede coletiva mais usada por todo o mundo por usuários ativos mensais. A Entertainment Weekly incluiu o site em sua listagem de “melhores de”, dizendo: “Como vivíamos antes de perseguirmos os nossos ex-namorados, lembrarmos dos aniversários dos nossos amigos de trabalho, irritarmos os nossos colegas e jogarmos um jogo empolgante de Scrabulous antes do Facebook?” A Quantcast afirma que o Facebook teve 138,9 milhões de visitantes únicos mensais nos Estados Unidos em maio de 2011.

De acordo com o Social Media Today, estimava-se que em abril de 2010 por volta de 41,6% da indivíduos americano tinha uma conta no Facebook. Entretanto, o desenvolvimento de mercado do Facebook começou a equilibrar em algumas regiões, sendo que o site perdeu 7 milhões de usuários ativos nos Estados Unidos e no Canadá em maio de 2011. O Facebook entrou com pedido de uma oferta pública preliminar em 1 de fevereiro de 2012.

Em 21 de julho de 2016, o Facebook completou seu primeiro voo com drone que precisa transportar internet a todo o mundo. A forma adotada por Zuckerberg e sua equipe para experimentar ampliar a internet a um público que, hoje, está offline, foi apostar em equipamentos voadores alimentados por força solar, e após meses de testes com modelos menos expressivos, a empresa finalmente realizou o primeiro voo de seu drone Aquila.

A incrível história do Facebook

Origem da rede social mais famosa do mundo

Mark Zuckerberg, co-fundador e CEO do Facebook

Mark Zuckerberg fundou, juntamente ao brasileiro Eduardo Saverin e os estadunidenses Dustin Moskovitz e Chris Hughes, o The Facebook em fevereiro de 2004, enquanto frequentava a Faculdade de Harvard, com o ajuda de Andrew McCollum e Eduardo Saverin. Até o final do mês, mais da meio dos estudantes não-graduados em Harvard foi registrada no serviço. Naquela data, Zuckerberg se juntou a Dustin Moskovitz e Chris Hughes para o anúncio do site e o Facebook foi difundido na Faculdade de Stanford, à Faculdade Columbia e à Faculdade Yale. Esta expansão continuou em abril de 2004 com o remanente das Ivy League, entre outras escolas.

No final do ano letivo, Mark e Dustin se mudaram para Palo Alto, Califórnia, com Andrew que havia adquirido um aprendizado de estio na Electronic Arts. Eles alugaram uma casa próximo da Faculdade de Stanford, no qual se juntaram a Adam D’Angelo e Sean Parker. Andrew McCollum decidiu deixar a EA para auxiliar em tempo integral no progresso do Facebook e do site “companheiro” Wirehog. Em setembro, Divya Narendra, Cameron Winklevoss e Tyler Winklevoss, proprietários do site HarvardConnection, a posteriori conhecido por ConnectU, entraram com uma ação judicial em oposição a o Facebook alegando que Mark Zuckerberg teria beneficiado da codificação ilegalmente do HarvardConnection, do qual ele tinha acesso. A atuação não procedeu. Por outro lado nessa altura, o Facebook recebeu mais ou menos US0.000 do co-fundador do PayPal Peter Thiel, como um angel investor. Em dezembro a base de usuários ultrapassou 1 milhar.

Em 27 de fevereiro de 2006, o Facebook passou a autorizar que estudantes secundaristas adicionassem estudantes universitários a pedido dos usuários. Um mês em seguida, em 28 de março, a auditoria BusinessWeek noticia que uma potencial adquirição aparecia em acordo. O Facebook declaradamente recusou uma apelo de US0 milhões, e estimou seu preço em US bilhões.[20] Em abril, Peter Thiel, Greylock Partners e Meritech Capital Partners investiram um aditivo de US milhões no site.

Em maio, a rede do Facebook se expandiu à Índia, no Instituto Hindu de tecnologia (IIT) e no Instituto Hindu de gestão (IIG). No mês posterior, o Facebook ameaçou exigir até US0.000,00 ao Quizsender.com por abuso de direitos autorais por assemelhar a ferramenta “visual e percepção” do Facebook. Em 25 de junho, novos recursos foram adicionados ao site para potencialmente conseguir receitas adicionais. Foi ensejo uma acessão em associação com a iTunes Store no qual afiliados da Apple Students iriam ganhar gratuitamente 25 músicas de amostra em diversos gêneros musicais por semana até 30 de setembro. A acessão propunha deixar os estudantes mais entusiasmados e familiarizados com os serviços. Em meados de agosto, o Facebook adicionou universidades na Alemanha e colégios em Israel à sua barga. Em 22 de agosto o Facebook introduz o Facebook Notes, um recurso de blog com sistema de tags, imagens embutidas, entre outros recursos inclusive permitindo a importação dos serviços de blogs Blogger, Xanga e LiveJournal. Esse recurso ganhou a posteriori a capacidade de comentar as postagens comuns nos sistemas “concorrentes”. Em 11 de setembro o Facebook foi aberto para arquivo para todo o público.

Em 10 de maio de 2007, o Facebook anuncia um plano para acrescentar classificados gratuito em seu sítio da internet. Esse recurso ganhou vida em 14 de maio e foi conhecido por Facebook Marketplace. Além disso em maio, o Facebook lança sua API, chamada Facebook Plataform, para progresso de aplicações para serem utilizadas no site. Em junho, a colaboração com a iTunes Store foi continuada oferecendo amostras de músicas dada para o grupo Apple Students. Em julho o Facebook anuncia sua primeira conquista: Parakey, Inc, de Blake Ross e Joe Hewitt. Em agosto, a empresa foi cobertura da impressão especial anual “College” da Newsweek Em 25 de setembro surge um rumor de que a Microsoft teria ambição em adquirir parte do Facebook; rumor esse ratificado um mês em seguida com a aquisição de 1.6% do Facebook por US0 milhões. Uma distribuição completa do Facebook é no tempo, duvidoso, diz Mark Zuckerberg.

Em 7 de novembro de 2007, o Facebook anuncia o Facebook Ads, uma iniciativa de marketing que abrange um sistema de sites parceiros para deixar aos usuários partilhar informações sobre suas atividades neles com colegas no Facebook (Facebook Beacon); a capacidade de companhias hospedarem páginas no Facebook de diversas marcas, itens e serviços (Facebook Pages); um sistema de veiculação de anúncios alicerçado no perfil do cliente e de seus colegas e em dados de exercício (Facebook Civil Ads); e um serviço de suprimento de anúncio com companhias fornecendo dados analíticos inclusive métricas de performance (Facebook Insights). No que diz respeito à intimidade, o Facebook afirma que “nenhuma informação único identificável é partilhada com o anunciante ao fazer a Social Ad” e que “usuários do Facebook somente estio os Social Ads à indicador que os colegas compartilharem informações com eles”. O Facebook Ads substitui o programa antecedente Facebook Flyers. Em 30 de novembro de 2007 o bilionário chim Li Ka-Shing investe US milhões no Facebook.

No ano de 2008, a rede social Twitter rejeita uma aposta milionária que o jovem Mark Zuckerberg (amo do Facebook) lhe propôs, Biz Stone disse que “rede social de microblogs queria, na verdade, não virar um site popular e efetivamente uma autêntica empresa geradora de lucros, e por causa disso não tinha ambição em se fundir com outra empresa. Criamos uma coisa que os indivíduos acham que tinha valor, porém também não fizemos disso um negócio, e nós gostaríamos bastante de realizar isto”, explicou Stone.” De acordo com o jornal Econômico Times, o altíssimo do Facebook, Mark Zuckerberg, não conseguiu realizar nenhum apelo que interessasse aos 3 proprietários do Twitter, Biz Stone, Evan Williams e Jack Dorsey.

Em 13 de junho de 2009 o Facebook introduziu o recurso “Nome de cliente” no qual as páginas são capazes de ser acessadas em URLs mais simples escolhidas pelo próprio cliente.

Década de 2010

Em 18 de maio de 2010, o Facebook juntamente com a operadora de telefone celular TIM do Brasil, lançaram o serviço de acesso gratuito ao site 0.facebook.com por intermédio do próprio aparelho telefone celular. Embora o serviço mesmo sendo gratuito para todos os planos como Pré e Pós-pago, o serviço causou vários transtornos por apresentar-se fazendo cobranças indevidas aos usuários Pré-pagos. Os indivíduos brasileiros na internet saltou de 33,3 milhões em 2009 para 40 milhões em 2010, de acordo com os dados da comScore, fazendo do Brasil o 8º país com o maior quantidade de internautas no mundo. Em abril de 2010, 41,6% dos indivíduos americano tinha uma conta no Facebook. Entretanto, o desenvolvimento de mercado do Facebook começou a congelar em algumas regiões, sendo que o site perdeu 7 milhões de usuários ativos nos Estados Unidos e no Canadá em maio de 2011.

Em fevereiro de 2011, o Facebook criou o aplicativo Folhinha para apontar comemorações, permitindo a exploração de dados para usuários dos próprio cronograma ou aplicativos de mapeamento.

A partir de abril de 2011, os usuários do Facebook tiveram a personalidade de executar chamadas de voz diâminca via Facebook Chat, que permite aos usuários abordar com outras indivíduos de todo o mundo. Este recurso, que é fornecido gratuitamente por intermédio do serviço novo T-Mobile Bobsled, permite ao cliente acrescentar voz ao Chat do Facebook atual, bem como deixar mensagens de voz no Facebook. Em 6 de julho de 2011, o Facebook lançou seus serviços de chamadas de vídeo usando o Skype como seu parceiro tecnológico. Ele permite transmissão de vídeo da Webcam de um cliente para o Facebook do outro (vice-versa).

Em 14 de setembro de 2011, o Facebook lançou um tecla Assinalar. O recurso permite aos usuários acompanhar as atualizações públicas de seus colegas. Em junho de 2011, o Ministério da Justiça do Brasil cobrou esclarecimentos sobre a ativação do serviço de identificação facial, por causa da apresentação inadequada que isso pode fazer aos usuários. A empresa inclusive foi processada pela empresa conhecida como Timeline, por conta do consumo improcedente da marca.

Em julho de 2011, autoridades da Alemanha começaram a argumentar a censura de comemorações marcados pelo site. A decisão está baseada em vários casos de superlotação ou aceitação de indivíduos não convidadas a comemorações particulares. No acontecimento do 16º aniversário de uma menina em Hamburgo, que foi acidentalmente configurado como público, 1500 “convidados” compareceram à comemoração, e depois de relatos de distúrbios na sobrelotação, mais de uma centena de policiais tiveram de ser destacados para moderar o grupo de pessoas. Um agente ficou atingido e onze integrantes foram detidos por agressividade, danos materiais e defensão às autoridades. Em outro episódio com superlotação inesperada, 41 jovens foram detidos e no mínimo 16 ficaram feridos.

Ocorreu uma abertura na segurança do Facebook permitiu que vazassem na Internet fotos que Mark Zuckerberg configurou como sendo privadas. As imagens mostram Zuckerberg cozinhando, recebendo colegas e dormindo com o cachorro.

Consolidação mundial

No começo de 2012 o Facebook se tornou a maior rede social no Brasil e no resto da América Latina, ultrapassando o Orkut, Tumblr, Twitter. Ao longo do mês de dezembro de 2011, de acordo com dados da comScore conhecidos em janeiro. Estudo da empresa mostrou que a rede fundada por Mark Zuckerberg atraiu 36,1 milhões de visitantes ao longo da temporada, superando os 34,4 milhões registrados pela rede coletiva do Google.

Em 13 de janeiro de 2012, o Facebook lançou a utilidade que permite que o cliente escute um som que o colega está ouvindo.

Em 29 de fevereiro o Facebook lança a série do tempo inclusive para páginas fã. Pouco em seguida, o Facebook anunciou que uma nova ferramenta que permite que o cliente escute um som que seu colega esteja escutando exatamente ao mesmo tempo. Por outro lado é possível perceber o mesmo som em um grupo, permitindo que seu colega brinque de DJ.

No momento em que seu colega estiver escutando um som, uma nota harmoniosa aparecerá ao lado do seu nome. Para sentir o som, basta exclusivamente você clicar no nome do seu colega, que aparecerá uma janela com um tecla escrito “Listen with” (escute com em português), clique na tecla e você ouvirá som com seu colega, como apresentação a aparência acima. Além de escutar você conseguirá comentar sobre o som.

Depois de apresentar aquilo que se faz na bolsa, estima-se que o Facebook atingirá o valor de 100(ORIGINAL)|100 (CEM)|CEM} bilhões de dólares também no primeiro período de 2012. Na estreia da sua aposta pública de ato judicial, em 17 de maio de 2012, o Facebook levantou 16 bilhões de dólares, tornando-se a terceira maior absorção da história dos EUA (somente à frente da AT&T Wireless e atrás da General Motors e Visa). No conjunto, a empresa registrou 421,2 milhões em ato judicial vendidas, e por causa da grande busca, aumentou o valor de uma ação de 34 dólares para 38 dólares, atingindo o máximo aguardado. A apelo inaugural informada era de 484,4 milhões, podendo acumular até 18,4 bilhões. A empresa será listada na bolsa da Nasdaq sob a abreviação FB. A oferta de ações da rede social tornou-se a maior aposta de uma empresa de tecnologia, sendo na verdade a 10ª maior dos últimos 25 anos.

Em 9 de abril de 2012, Mark Zuckerberg anuncia em seu perfil a adquirição do aplicativo Instagram pelo valor de mais ou menos 1 bilhão de dólares.

Em seguida ao lançamento na bolsa, o Facebook perdeu por volta de 50% do seu valor. Alguns sites publicaram uma possível saída de Mark Zuckerberg do posto de CEO do Facebook.[60] Na manhã do dia 4 de outubro, Marc Zuckerberg informou que havia já mais de mil milhões de utilizadores ativos do Facebook.

Em março de 2013 o Facebook anunciou mudanças na sua Linha do Tempo dos usuários. O novo design adiciona livros que o cliente leu ou adora, filmes e músicas. A setor encontra-se ao lado das fotos pessoais e dos colegas. Quem ama assistir a filmes pode acrescentar as produções favoritas e utilizar aplicativos como o Netflix para associar o que se está assistindo no hora. A oscilação vem acontecendo aos poucos, porém até o segundo período de 2013 todos os usuários já estarão com sua Série do Tempo atualizada. Até o Google quis adquirir o Facebook, porém Mark Zuckerberg não quis vender.

No dia 19 de fevereiro de 2014 a empresa anunciou que comprou o aplicativo WhatsApp por 16 bilhões de dólares. O valor é o maior já acertado por um aplicativo móvel, desde que a própria rede social comprou o Instagram. Por outro lado é a maior adquirição do site de Mark Zuckerberg. O acordo além disso presume um pagamento complementar de 3 bilhões de dólares aos fundadores e funcionários do WhatsApp que poderão adquirir ações restritas do Facebook dentro de quatro anos. Além do mais, o presidente-executivo e cofundador do WhatsApp, Jan Koum, tomará lugar na assembleia oficial do Facebook.

Referências: https://pt.wikipedia.org/wiki/Facebook

 

Tags
Ler matéria completa

Vagner Liberato

Meu nome é Vagner Liberato, sou carioca e vivo no Rio de Janeiro. Formei-me em Administração de Empresas e sou um apaixonado por conteúdo sustentável. Desde 2015 faço o Jornal Sustentabilidade com maior prazer! Para falar comigo, entre em contato pelo email: contato@meioambienterio.com

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close