Meio AmbienteTecnologia

Designers desenvolvem árvore que combate contaminação do ar

A chamada “CityTree, a árvore do município”, já está instalada em 25 cidades em volta do mundo

Para buscar combater a contaminação do ar, um dos aborrecimentos mais graves enfrentado pelo mundo, os designers da empresa Green City Solutions desenvolveram, na Alemanha, uma “árvore” de estrutura movível, quadrada, sem troncos e com folhas de musgo.

A chamada “CityTree” possui a eficácia de 275 árvores naturais na captação de dióxido de ar e partículas microscópicas do ar, funcionando naturalmente como um filtro de ar.

De acordo com seus criadores, cada tela é capaz de amortecer 250 gramas de partículas por dia e estocar 240 toneladas métricas de CO2 por ano. Conforme informou Liang Wu, cofundador da Green City Solutions, “o musgo pode estocar todas as partículas da contaminação e usá-las como nutrientes.”

A instalação de cada CityTree demora em torno de seis horas. Os sensores medem a qualidade dor ar e da água, avaliam a eficiência, controlam a umidade do solo e a temperatura do ar. Embora de tantas utilidades, seus criadores garantem que a preservação é possível. Até por isso, elas estão instaladas em 25 cidades em volta do mundo, como Oslo, Hong Kong, Bruxelas e muitas cidades alemãs.

O único porém da concepção é a despesa alta. Para se ter uma ideia, plantar e preservar uma árvore clássica custa por volta de R$ 3 mil por década, já uma CityTree sai por nada menos de R$ 90 mil.

Tags
Ler matéria completa

Vagner Liberato

Meu nome é Vagner Liberato, sou carioca e vivo no Rio de Janeiro. Formei-me em Administração de Empresas e sou um apaixonado por conteúdo sustentável. Desde 2015 faço o Jornal Sustentabilidade com maior prazer! Para falar comigo, entre em contato pelo email: contato@meioambienterio.com

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close